Psicóloga do HSVP participa de Simpósio sobre o processo de luto

A Psicóloga do Hospital São Vicente de Paulo, Indiara Martins, participou, no último final de semana, em Porto Alegre, do Simpósio “O Processo de Luto: Intervenções na Dor, Vida e Morte”, realizado pelo Instituto de Psicologia Cognitiva e Assistência em Saúde de Porto Alegre – ITEPSA.

O simpósio foi ministrado pela psicóloga, professora e fundadora do Laboratório de Estudos e Intervenções sobre o Luto da PUC-SP, Dra. Maria Helena Franco, referência brasileira no estudo do tema. A intervenção em situações de luto, comunicação de más notícias, iminência de morte ou suporte aos enlutados requer ética e instrumentalização técnica e teórica.

De acordo com Indiara Martins a biografia de cada um de nós está cheia de uma sucessão de perdas e separações, que nos lembram da temporalidade de qualquer vínculo ou relação. “Quando falamos de forma cotidiana sobre o luto, na maioria das vezes o associamos com a morte, mas este processo também pode ser visto frente à ruptura de uma relação, a perda de um trabalho ou a perda de um objeto relacional com o qual tínhamos um vínculo forte. Portanto, o processo de luto significa que, em função da perda, deveremos nos adaptar a uma nova vida sem essa pessoa ou coisa, sendo que o seu desenvolvimento passa pela reconstrução de significados”, destacou Indiara.

Saiba mais:

O que é morte?

Morte é o final da vida da maneira como a conhecemos. Significa morte biológica, psicológica, emocional e social.

O que é o luto e qual a sua função na elaboração do conceito de morte?

Luto é a vivência natural e esperada diante do rompimento de vínculo significativo. A vivência do luto possibilita à pessoa o fortalecimento de seus recursos para enfrentamento de situações críticas e possibilita também reflexões sobre a finitude, assim levando-a a novas concepções sobre a morte.

O luto é sempre necessariamente vivido a partir de uma experiência com a morte?

O rompimento de um vínculo significativo pode ser por morte, mas também por separação amorosa, afastamento definitivo, aposentadoria, exílio, perda de partes do corpo, perda de funções corporais, entre outros.

No que consiste o conceito de luto antecipatório e como ele pode melhorar a percepção sobre a vida?

Luto antecipatório é aquele que tem início quando se tem o diagnóstico de uma doença que põe em risco a manutenção da vida e que acompanha o processo de tratamento e agravamento da doença. Ele possibilita que a família busque resolver pendências, desenvolver habilidades para lidar com a doença, cuidar das relações com a pessoa que está próxima da morte e que esta perceba seu processo de agravamento da doença e da proximidade da morte. Durante a vivência de um luto antecipatório, faz muita diferença a qualidade da comunicação entre paciente, família e equipe de saúde.

Como ajudar o enlutado?

As pessoas que estão vivendo um luto precisam de empatia, compreensão e muita paciência. Oferecer ajuda é bem-vindo, porém é importante sempre perguntar o que de fato aquela pessoa precisa e não aquilo que achamos. Recuperar o controle sobre a sua vida, seu dia-a-dia, é parte importante do processo de recuperação e superação. Escutá-la, deixar que fale de seus sentimentos, sem julgamento ou ideias pré-concebidas, costuma ser uma fonte importante de apoio. Nem sempre precisamos dizer algo, estar ao lado faz toda a diferença.

Quando procurar ajuda?

Viver o luto é muito importante para qualquer faixa etária e há muitos comportamentos que vão fazer parte desse momento tão delicado. A maioria das pessoas passa por esse processo sem precisar de ajuda profissional, porém, em alguns casos, ela é necessária. Se você sentir que com o tempo seus sintomas pioram, a dor fica mais intensa e a retomada das atividades e da vida cotidiana fica extremamente difícil, com prejuízos na vida familiar e profissional, como intensificação de conflitos, pioras significativas na saúde, abuso de drogas e álcool, vale a pena buscar um profissional de saúde e se informar sobre tratamentos disponíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comunicação HSVP

Assessoria de Comunicação HSVP
Email: comunicacao@hsvpca.com.br
Fone: (55) 3321 2401

Últimas Notícias

Se inscreva em nosso blog

Receba conteúdos exclusivos!