Hospital São Vicente duplica capacidade de atender pacientes com coronavírus

O Hospital São Vicente de Paulo de Cruz Alta (HSVPCA) a partir desta quarta-feira, 13, passa a contar com o incremento de 10 novos leitos de UTI Adulto, destinado exclusivamente para o tratamento e assistência aos pacientes suspeitos ou com diagnóstico confirmado para a COVID-19. A entrega dos novos leitos contou com a presença do governador Eduardo Leite.

A ação faz parte do processo de abertura e reativação de leitos de UTI diante do possível cenário de aumento no número de casos da doença no Estado. São os primeiros de um total de 168 leitos de UTI que serão abertos, reativados ou que ficarão de retaguarda operacional, para serem habilitadas conforme necessidade, em todo o Rio Grande do Sul. Desse total, está prevista a abertura de 90 novos leitos, fazendo com a ampliação de unidades em UTI SUS passe de 115% – eram 933 leitos antes da Covid e, agora, pode chegar a 2.018.

“Entramos no mês de janeiro com expectativa de um ano de menos dificuldade, mas por menos dificuldades que se tenha, ainda será um ano difícil, porque a pandemia não acabou. A gente tem muita expectativa na vacina e que o programa de imunizações possa começar nos próximos dias no Brasil, mas ainda levará um tempo até que haja imunização em volume suficiente para que o vírus circule menos e, assim, nós tenhamos menos demanda nos hospitais. Por isso, continuamos neste esforço de expansão dos leitos de UTI”, destacou Leite.

O diretor técnico do Hospital São Vicente de Paulo, Sérgio Ruffini destacou o esforço que toda a equipe fez para que pudesse atender ao pedido do governo, já que a instituição foi incluída no Plano de Contingência Estadual para enfrentamento à pandemia.

“Fizemos uma revolução no hospital. Bloqueamos uma área inteira para se tornar um centro de Covid e fizemos uma grande redistribuição interna, sem quebrar paredes, porque entendemos que não somos um mero hospital privado com parceria com o Estado. Somos agentes de política pública com a missão de atender a população. Mesmo sem recursos, se precisar de mais leitos, nós daremos um jeito”, afirmou Ruffini em uma reunião realizada entre o governador, outros integrantes da diretoria, a prefeita de Cruz Alta, Paula Rubin Facco Librelotto, os deputados estaduais Gabriel Souza e Mateus Wesp, a diretora do Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial da SES, Lisiane Fagundes, além de outras lideranças locais.

Unidade COVID-19

Único hospital de alta complexidade na região Covid de Cruz Alta que abriu leitos de UTI durante a pandemia, o Hospital São Vicente de Paulo já havia aberto outros 10 leitos de UTI em maio, portanto, agora, duplica a capacidade de atender pacientes graves com coronavírus. A instituição tem outros 10 leitos clínicos dedicados à Covid.

As duas alas de UTI foram equipadas com camas, monitores e respiradores fornecidos pela Secretaria Estadual da Saúde (SES). Além disso, o governo do Estado se comprometeu com o custeio da diária, de R$ 1,6 mil por leito de UTI, até que o Ministério da Saúde faça a habilitação e inicie os repasses.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comunicação HSVP

Assessoria de Comunicação HSVP
Email: comunicacao@hsvpca.com.br
Fone: (55) 3321 2401

Últimas Notícias

Projeto Avançar Saúde

Com o objetivo de qualificar o atendimento e ampliar o acesso dos gaúchos ao Sistema Único de Saúde (SUS), o governo do Estado lançou nesta

Leia Mais »

Se inscreva em nosso blog

Receba conteúdos exclusivos!