Colaboradores do HSVP recebem treinamento sobre AVC

As equipes de enfermagem e de atendimento do Hospital São Vicente de Paulo de Cruz Alta, participaram nesta semana de uma capacitação sobre o Acidente Vascular Cerebral. Ministrado pela Educadora Científica do Projeto Angels, Anna Caroline Abranches da Costa, o treinamento abordou o reconhecimento dos sinais clássicos do AVC, o manejo e fluxo do paciente, assim como a importância do rápido encaminhamento do paciente.

De acordo com a educadora do Projeto Angels, Anna Caroline, em um AVC grave o paciente chega a perder dois milhões de neurônios por minuto, reafirmando a importância do rápido encaminhamento do paciente.  “Os três sinais clássicos que nos ajudam a identificar o AVC são, fraqueza súbita de um dos lados do corpo, a dificuldade de falar e a alteração da face ou boca torta. Assim que observado um destes sintomas, o atendimento médico deve ser buscado imediatamente, pois o tempo determina o tratamento e também as chances de reduzir sequela ou de não haver nenhuma sequela”, alertou a educadora.

O que é o AVC?

Existem dois tipos de acidente vascular cerebral (AVC), o hemorrágico e o isquêmico. O Acidente Vascular cerebral isquêmico – é causado pela obstrução ou redução brusca do fluxo sanguíneo em uma artéria do cérebro, o que causa a falta de circulação vascular na região. O acidente vascular isquêmico é responsável por 85% dos casos de acidente vascular cerebral.

Acidente vascular cerebral hemorrágico – acontece quando um vaso se rompe espontaneamente e há extravasamento de sangue para o interior do cérebro. Este tipo de AVC está mais ligado a quadros de hipertensão arterial.

Como identificar os sinais:  

Existem alguns sinais que o corpo dá e que podem ajudar no reconhecimento de um Acidente Vascular Cerebral. Os principais sinais de alerta para qualquer tipo de AVC são: fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo; confusão mental; alteração da fala ou compreensão; alteração na visão (em um ou ambos os olhos); alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar; dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente.

É importante ressaltar que caso qualquer um destes sintomas apareçam, é fundamental entrar em contato com o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU – 192), Bombeiros (193) ou levar a pessoa imediatamente a um hospital para avaliação clínica detalhada. Quanto mais rápido for o atendimento, maiores serão as chances de sobrevivência e recuperação total.

Sobre o projeto:

Estabelecida pela Boehringer Ingelheim em 2015, a iniciativa Angels tem como objetivo principal aumentar o número de centros capacitados para o tratamento do AVC, oferecendo aos hospitais ferramentas que visam o mapeamento das oportunidades de melhoria, suporte para implementação e manejo dos protocolos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comunicação HSVP

Assessoria de Comunicação HSVP
Email: comunicacao@hsvpca.com.br
Fone: (55) 3321 2401

Últimas Notícias

Projeto Avançar Saúde

Com o objetivo de qualificar o atendimento e ampliar o acesso dos gaúchos ao Sistema Único de Saúde (SUS), o governo do Estado lançou nesta

Leia Mais »

Se inscreva em nosso blog

Receba conteúdos exclusivos!